FAB homenageia Arcebispo Dom Fernando José Monteiro Guimarães

FAB homenageia Arcebispo Dom Fernando José Monteiro Guimarães

Nessa quarta-feira (30/03), o Comando da Aeronáutica realizou, no Espaço Força Aérea (EFA), em Brasília (DF), um almoço em homenagem ao Administrador Apostólico do Ordinariado Militar, Arcebispo Dom Fernando José Monteiro Guimarães. O evento foi presidido pelo Comandante da Força Aérea Brasileira, Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Júnior, e contou com a presença de Oficiais-Generais do Alto-Comando da Aeronáutica.

Em um momento de alegria e agradecimento, o Tenente-Brigadeiro Baptista Junior ressaltou a presença do arcebispo durante os últimos oito anos de atividade eclesiástica. “Independentemente da mudança, muito obrigado por ter sido o nosso mentor. E, apesar dessa transição, o senhor não estará sozinho, leva consigo um pouco de cada um nós de azul, homens e mulheres”, pontuou o Oficial-General.

Durante a homenagem, Dom Fernando Guimarães recebeu das mãos do Comandante-Geral de Apoio da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Pedro Luís Farcic, um cartão assinado por todos os membros do Alto-Comando, como forma de registrar a amizade e admiração que todos os Oficiais-Generais têm com o Arcebispo.

Em suas palavras, Dom Fernando falou sobre o papel da assistência religiosa militar no trabalho orgânico e fraterno entre todos. “Nesses oito anos procurei atingir três objetivos e, hoje, saio com a consciência tranquila e com o desejo de que o novo arcebispo dê continuidade aos meus desígnios. O primeiro é a profissionalização militar do capelão – pois o assistente religioso tem que ser militar e partilhar da vida militar integralmente. Já o segundo é ratificar a presença do arcebispo militar em cada Força, para que o militar perceba no arcebispo, um companheiro de farda. E, em terceiro, almejo aquilo que é, e deve ser a função principal do arcebispo militar: favorecer, incentivar e solidificar a assistência religiosa e espiritual aos militares”, concluiu o emérito que, agora assume o Tribunal Eclesiástico de Brasília, passando da vida de pastor para a vida de toga.

Dom Fernando José Monteiro Guimarães

Dom Fernando nasceu em Recife, em 19 de julho de 1946. Frequentou o Seminário Menor dos Redentoristas em Garanhuns, continuando os estudos no Seminário Redentorista de Campina Grande. Após o Noviciado, emitiu a Profissão religiosa na Congregação dos Redentoristas em 25 de janeiro de 1965, cursando logo após Filosofia e Teologia no Seminário Maior Redentorista em Juiz de Fora (MG).

O Arcebispo é também Doutor em Teologia Moral, pela Academia Alfonsiana, da Pontifícia Universidade do Latrão de Roma e Mestre em Direito Canônico pela Pontifícia Universidade da Santa Cruz de Roma. No ano de 2014, foi nomeado Arcebispo do Ordinariado Militar do Brasil, pelo Papa Francisco. Já em 2021, Dom Fernando José Monteiro Guimarães, tomou posse canônica como Vigário Judicial do Tribunal Eclesiástico Interdiocesano e de Apelação de Brasília. Em  março de 2022, o Papa Francisco aceitou sua renúncia como Ordinário do Ordinariado Militar do Brasil, nomeando no seu lugar Dom Marcony Vinícius Ferreira, antes bispo auxiliar de Brasília.

Arcebispo Militar 

No Brasil, o Arcebispo Militar é o responsável por todas as capelanias militares. A capelania militar também se chama capelania castrense. Na atualidade os capelães militares são originários de várias dioceses do País, porém em Itapecerica da Serra no Seminário Maria Mater Ecclesiae do Brasil dos Padres Legionários de Cristo, estão sendo formados seminaristas que futuramente irão compor as fileiras dos Serviços de Assistência Religiosa. Cada Força exige que os religiosos prestem um concurso público para poderem se tornar Capelães Militares de Carreira, o início na carreira militar se dá com o posto de Aspirante-Oficial podendo chegar ao Cargo de Coronel no Exército e na Aeronáutica e Capitão de Mar e Guerra na Marinha.

Ordinariado Militar

O Ordinariado Militar do Brasil foi erigido a 6 de novembro de 1950, pelo Papa Pio XII, como Vicariato Castrense do Brasil. Por força da Constituição Apostólica Spirituali Militum Curae, de 21 de abril de 1986, passou a ser Ordinariado Militar, depois do acordo diplomático entre a Santa Sé e a República Federativa do Brasil, assinado em 23 de outubro de 1989. É uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica no Brasil, subordinada diretamente à Santa Sé, participa do Conselho Episcopal Regional Centro-Oeste da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. A sé episcopal está na Catedral Militar Rainha da Paz, na cidade de Brasília (DF). O Ordinariado Militar do Brasil organiza e coordena os serviços de todas as capelanias militares católicas do Brasil.

Fotos: Sargento Bianca/ CECOMSAER

(CECOMSAER/FM)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *