Amazul faz apresentação sobre irradiação de alimentos para ministra

Amazul faz apresentação sobre irradiação de alimentos para ministra

O Diretor Técnico da Amazul, engenheiro Francisco Roberto Portella Deiana, fez, no dia 10, uma apresentação à ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Teresa Cristina Correa da Costa Dias, sobre o uso da tecnologia nuclear na irradiação de alimentos com o objetivo de melhorar as condições de conservação e aumentar o prazo de validade dos produtos.
O encontro, realizado em Brasília (DF), foi coordenado pelo comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Junior, e contou com a participação do Secretário de Aquicultura e Pesca, Jorge Seif Júnior. A apresentação do engenheiro Francisco Deiana foi realizada por videoconferência.
O Diretor Técnico da Amazul explicou à ministra que a Amazul tem expertise para desenvolver projetos para a implantação de centros de irradiação de alimentos. O interesse por esta tecnologia tem aumentado desde a criação de um Grupo Técnico para tratar do tema no âmbito do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, sob a liderança do Ministério da Agricultura e com a participação de diversos órgãos do governo. Representantes de setores produtivos ficaram interessados em utilizar esta tecnologia, que não é nova, mas pouco utilizada no País.
Em relação ao mercado potencial desses centros de irradiação, basta lembrar que o agronegócio respondeu por 21,4% do PIB em 2019 e pode ter atingindo 24,5% em 2020. Sua participação no total das exportações somou 43% em 2019. Hoje, embora seja o terceiro maior produtor de frutas, o Brasil ocupa apenas o 23º lugar entre os maiores exportadores, desempenho que pode crescer de forma exponencial com a irradiação. A mesma tecnologia pode ser usada em outros setores, como os de cosméticos, material médico, acervos históricos, obras de arte etc.
Em parceria com o Ministério da Agricultura, a Amazul buscará conhecer as demandas dos produtores nacionais por esse tipo de tratamento e, com base nesses dados, elaborará um projeto que atenda aos interesses do setor.
Além dos projetos de engenharia, a Amazul poderá participar desse esforço realizando projetos de toda a infraestrutura que vai abrigar o irradiador, o dimensionamento dos equipamentos, o licenciamento radiológico e a contratação da empresa responsável pela construção, montagem e comissionamento dos equipamentos, bem como a fiscalização do empreendimento, até a entrega final ao usuário final.
(CCSM/FM)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *