Nota de falecimento: General-de-Exército Geraldo Antonio MIOTTO (1955-2021)

Nota de falecimento: General-de-Exército Geraldo Antonio MIOTTO (1955-2021)

Arma ligeira que transpõe os montes
Caudais profundos, com ardor e glória
Estrela guia em negros horizontes
Pelo caminho da luta e da vitória

Em 2004, ao chegar na ESG para cursar o CAEPE, conheci o então Coronel de Cavalaria Geraldo Antonio MIOTTO. Com o passar do tempo e maior convivência com o grupo de mais de 100 civis e militares, foi fácil perceber que era um líder carismático, figura respeitada entre seus pares, superiores e subordinados, e altamente estimado pelos civis, mercê dos seus inúmeros atributos: firmeza, caráter, cordialidade, e sobretudo, simplicidade. A consideração com que tratava a todos e constante bom humor eram algumas das suas características. Com efeito, ali estava um grande Soldado, do Exercito de Caxias, da Cavalaria de Osório. Alguém que viria a ser um dos grandes nomes nacionais da Nobre Arma Ligeira, sem deixar de ser Simples, como o Patrono.

O futuro lhe reservaria elevadas posições na Forca, conquistas que os amigos da Turma Vontade Nacional da ESG acompanhavam de perto, dividindo com seus estimados familiares e muitos amigos a alegria de cada vitória. Por onde passou deixava a sua marca, granjeando estima e inúmeros admiradores. Na nossa Turma não foi diferente, sempre mantendo contato, sempre dedicando uma palavra amiga, um abraço, nos muitos encontros ao longo desses 15 anos transcorridos desde que nos dispersamos, após o ano que se mostrou um dos melhores tempos das nossas vidas, na Escola onde se estuda o Brasil.

Dedicava especial carinho aos ex-combatentes da FEB, que sempre prestigiava nas solenidades alusivas. Como antigo comandante do CPOR/POA, era também um entusiasta da Reserva Atenta e Forte, de cujo Encontro Nacional em Joinville participou em 2018.

Por desígnios do Eterno, jamais saberemos por que partiu tao prematuramente. Lutador, enfrentou com bravura a doença traiçoeira. Uma perda imensa, para a Família, os amigos, o Exército e o Brasil, ao qual ainda tanto poderia servir, com seu ardente patriotismo, sua visao privilegiada, dedicação, ideais e profissionalismo.

Que sua alma se eleve ao Jardim dos Justos no Mundo Vindouro, e se incorpore a Corrente da Vida Eterna.
Bendito seja o Juiz da Verdade.

AÇO !
SELVA !
BRASIL ACIMA DE TUDO !

Israel Blajberg/FM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *