KC-390 Millennium decola rumo aos EUA para participar da Operação Culminating

KC-390 Millennium decola rumo aos EUA para participar da Operação Culminating

Nesta terça-feira (12), o KC-390 Millennium, da Força Aérea Brasileira (FAB), decola da Base Aérea de Anápolis, em Goiás, para Lousiana, nos Estados Unidos. A aeronave será utilizada pela primeira vez em um exercício operacional, a Operação Culminating. O Millennium fará duas escalas: em Boa Vista, Roraima e San Juan, Porto Rico. Na tripulação, seguem 21 militares do Esquadrão Zeus, que integrarão o exercício militar.

Durante a Operação Culminating, está previsto o emprego da aeronave brasileira no transporte de paraquedistas brasileiros e americanos. O avião integrará ainda um voo de pacote, com o lançamento de mais de 4 mil paraquedistas que saltarão de um total de 16 aeronaves na mesma noite. Além disso, será utilizado na fundamentação doutrinária. Aviões de Forças Aéreas de outros países também farão parte da atividade.

Devido ao caráter inédito e à complexidade da missão, os tripulantes passaram por treinamentos específicos, em dezembro do ano passado. O comandante do Esquadrão Zeus, Tenente-Coronel Aviador Luiz Fernando Rezende Ferraz, destaca que a preparação envolveu treinamento aéreo e lições teóricas. “A aeronave KC-390 tem capacidades novas. Isso torna necessário um desenvolvimento de uma doutrina tanto para a Fab quanto para o Exército. Nesse exercício, poderemos ver como operam as aeronaves que têm sistemas semelhantes e qual doutrina utilizam. Vamos aprender com eles, trazer esses conhecimentos e adaptar aqui no Brasil”, disse. Eles participam da operação com 203 militares do Exército brasileiro e integrantes da Força Terrestre americana.

Intercâmbio
O exercício conjunto ocorre entre 18 de janeiro e 21 de fevereiro, em Fort Polk, no estado de Lousiana.  Envolve tropas aeroterrestres do Brasil e este país, em intercâmbio entre as nações. A Operação Culminating finaliza o Plano Conjunto de atividades realizadas entre os dois países ao longo de cinco anos.

Com informações da Força Aérea Brasileira
Foto: Sargento Bianca

(MD ASCOM/FM)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *