Forças Armadas armazenam 11,5 milhões de provas do Enem em todo país

Forças Armadas armazenam 11,5 milhões de provas do Enem em todo país

A realização do Exame Nacional do Ensino Médio 2020 (Enem) conta com o apoio das Forças Armadas no armazenamento e na segurança de cerca de 11,5 milhões de provas em regiões onde não há locais adequados para acondicionar o material. O apoio militar foi autorizado, pelo Ministério da Defesa, por meio da portaria Nº 3.748 de 18 de novembro de 2020.

20210106_Enem.jpg

O Exame Nacional avalia os conhecimentos de alunos que estão cursando ou concluíram o ensino médio e posteriormente concorrerão às vagas dos cursos de graduação em instituições de ensino públicas e privadas. Cerca de 5 milhões de estudantes terão a oportunidade de fazer a prova mais próximos de onde moram.

O porta-voz do Ministério da Defesa, Vice-Almirante Carlos Chagas destacou, que o emprego das Forças Armadas permitiu ampliar o alcance da população ao Enem. “São 42 localidades atendidas, sendo que em Rio Branco, no Acre, nós temos a participação de duas unidades”, informou.

20210106_Enem1.jpg

A edição 2020 do Enem seria aplicada em novembro, mês em que ocorre tradicionalmente. Porém, devido à pandemia do novo coronavírus, foi adiado. Agora, os inscritos farão a prova impressa nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021.

Mais de 71 mil malotes com as provas impressas saíram do 4º Batalhão de Infantaria Leve do Exército (4º BIL), em Osasco, situado na Região Metropolitana de São Paulo, e foram distribuídas pelos Correios. Os estados do Pará e do Amapá foram os primeiros a receber o material. Os malotes permanecerão guardados em unidades militares até as datas de aplicação do exame.

20210106_Enem2.jpg

Enem Digital
Nesta edição, pela primeira vez, os estudantes participarão da versão digital do Enem. De acordo com divulgação do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), os alunos que optaram pela prova eletrônica serão avaliados nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro, em locais definidos pelo Instituto.

Por Viviane Oliveira
Fotos: Divulgação/4º BIL

(MD ASCOM/FM)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *