Atletas do Programa Olímpico da Marinha retornam às competições internacionais e treinos para Olimpíadas

Atletas do Programa Olímpico da Marinha retornam às competições internacionais e treinos para Olimpíadas

Atletas militares do Programa Olímpico da Marinha (PROLIM) estão de volta aos combates. O último final de semana do mês de outubro foi marcado pelo retorno dos militares às competições internacionais e aos treinos para os Jogos Olímpicos de Tóquio/2021.
Ganhadora do Prêmio Brasil Olímpico 2019, que a elegeu como melhor atleta entre todas as modalidades à atual número um do mundo no boxe feminino, Terceiro-Sargento Beatriz Ferreira estreou em grande estilo no Torneio dos Balcãs, sagrando-se campeã da categoria 60 quilos, em Sofia, na Bulgária, ao vencer a atleta Donjeta, do Kosovo. O torneio também rendeu o bronze à Terceiro-Sargento Graziele de Jesus.
Nesse mesmo final de semana, os atletas militares da modalidade de Judô, Terceiro-Sargento Larissa Pimenta (52 quilos), Renan Torres (60 quilos) e Willian Lima (66 quilos), entraram em ação na Hungria, para a disputa do Grand Slam de Budapeste, evento válido para a corrida olímpica Tóquio 2021. O destaque do evento ficou por conta do Terceiro-Sargento Willian Lima, que com quatro vitórias em cinco de suas lutas disputadas conquistou o bronze somando pontos importantes para o ranking internacional.
Finalizando o mês de outubro, a bicampeã militar Terceiro-Sargento Aline Silva, da modalidade de wrestling, realiza sua preparação técnica e física no Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN). A atleta treina para as competições internacionais com vistas aos Jogos Olímpicos em Tóquio, evento para o qual já está classificada.
(CCSM/FM)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *