No Dia do Aviador, Força Aérea Brasileira apresenta o novo caça F-39 Gripen

No Dia do Aviador, Força Aérea Brasileira apresenta o novo caça F-39 Gripen

Na sexta-feira (23), o novo caça F-39 Gripen, que atuará na defesa do espaço aéreo brasileiro, cruzou o céu de Brasília como parte das comemorações do Dia do Aviador e do Dia da Força Aérea Brasileira (FAB). A apresentação da aeronave, que chegou ao Brasil no dia 20 de setembro, foi acompanhada pelo Presidente Jair Bolsonaro, autoridades e militares.

O caça multimissão Gripen atinge duas vezes a velocidade do som e nove vezes a força da gravidade quando está em manobra. Além disso, é capaz de carregar mais de sete toneladas de bombas e mísseis.

O F-39 Gripen é conhecido pela eficiência, baixo custo de operação e avançada capacidade tecnológica e deve entrar em operação no final de 2021. Essa é uma aeronave de testes e a primeira de 36 do mesmo modelo que serão fabricadas e usadas na proteção do país, realizando missões variadas, como controle e reconhecimento do espaço aéreo e também ataque.

Durante o evento de comemoração, na Base Aérea de Brasília, o Presidente Bolsonaro conheceu de perto a aeronave F-39 Gripen e fez o batismo do caça junto a autoridades. Aos militares, o Presidente destacou a importância das Forças Armadas para o país e afirmou que 2020 será um ano especial e marcante para a FAB.

No Dia do Aviador, Força Aérea Brasileira apresenta o novo caça F-39 Gripen

“Fomos capazes de colocar no ar dois vetores que podem transformar de forma irreversível nossa operacionalidade, nossa capacidade logística e de afirmar nossa superioridade nos 22 milhões de quilômetros quadrados de espaço aéreo indispensáveis à nossa soberania. Incorporamos a nossa frota duas aeronaves reconhecidamente modernas, estratégicas para Força Aérea Brasileira, o KC 390 e o Gripen F-39. É uma demonstração cabal a cada um de nós de que, com liberdade e comprometimento, os sonhos de nosso povo estarão ao alcance de todos”, disse Presidente Bolsonaro.

Cooperação

A primeira aeronave multimissão F-39 Gripen tocou o solo brasileiro no dia 20 de setembro. O caça chegou por Porto de Navegantes (SC), transportado em um navio que partiu de Norrköping, na Suécia. É fruto de uma cooperação entre a Saab, empresa de defesa e segurança sueca, e a Força Aérea Brasileira.

De acordo com o presidente da Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate, Major-Brigadeiro do Ar, Valter Borges Malta, inicialmente, a produção de treze aeronaves acontece na Suécia, na sequência, oito caças terão seu processo iniciado no país e concluído no Brasil.

“As últimas quinze aeronaves serão produzidas integralmente no Brasil, dentro das instalações da empresa Embraer, em conjunto com todas as empresas que estão participando do desenvolvimento do programa”, afirmou.

Atualmente, cinco países operam o Gripen: Suécia, África do Sul, República Tcheca, Hungria e Tailândia, e, agora, o Brasil faz parte desse grupo.

Ordem do Mérito Aeronáutico

No evento do Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira, autoridades, parlamentares, militares e instituições foram agraciadas com a Ordem do Mérito Aeronáutico, maior comenda concedida pela Força Aérea Brasileira aos que se destacaram no exercício da profissão ou em reconhecimento aos serviços prestados ao país.

Dia do Aviador

O dia 23 de outubro foi instituído como Dia do Aviador e Dia da Força Aérea Brasileira por ser a data em que o brasileiro Santos Dumont fez o primeiro voo com avião 14 Bis. O voo ocorreu em Paris, na França, em 1906.

(MD ASCOM/FM)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *