Cerimônia em Brasília (DF) celebra o Dia do Aviador e o Dia da Força Aérea Brasileira

Cerimônia em Brasília (DF) celebra o Dia do Aviador e o Dia da Força Aérea Brasileira

Ocorreu, na sexta-feira (23), a solenidade em comemoração ao Dia do Aviador e ao Dia da Força Aérea Brasileira, com a imposição da Ordem do Mérito Aeronáutico (OMA). A comenda é concedida a civis e militares, além de instituições, pelo reconhecimento a serviços prestados à FAB e ao País.

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, presidiu a solenidade, acompanhado do Vice-Presidente da República do Brasil, Antonio Hamilton Martins Mourão; do Ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva; e do Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez. A cerimônia contou ainda com a presença de diversas outras autoridades, civis e militares.

Participaram do evento a Embaixadora da Suécia no Brasil; o Presidente do Senado Federal; o Presidente da Câmara dos Deputados; o Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF); Ministros de Estado do Governo Federal; os Comandantes da Marinha do Brasil e do Exército Brasileiro; o Comandante da Força Aérea da Suécia; Ministro de Estado da Aeronáutica e Comandantes da Aeronáutica de ontem; o Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas; o Presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE); o Procurador-Geral da República; o Governador do Distrito Federal; Senadores e Deputados Federais; Autoridades integrantes dos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário; Ministros Militares e Civis do Superior Tribunal Militar (STM); Integrantes do Alto-Comando da Aeronáutica; Oficiais-Generais da Marinha, do Exército e da Aeronáutica; adidos militares acreditados junto ao governo brasileiro; Presidentes, Diretores, CEOs e representantes de empresas aéreas, aeroportuárias e da indústria aeroespacial brasileira.

Para o Presidente da República, Jair Bolsonaro, o ano de 2020 foi um marco na história da Força Aérea Brasileira, devido a operacionalidade do KC-390 Millennium e a apresentação do novo caça F-39 Gripen. “Fomos capazes de colocar no ar dois vetores que podem transformar, de forma irreversível, nossa operacionalidade, nossa capacidade logística e afirmar a nossa superioridade nos 22 milhões de quilômetros quadrados, indispensáveis para manter a nossa soberania”, afirmou.

O Ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, destacou os fatos históricos da instituição. “A Força Aérea Brasileira conquistou definitivamente o carinho do povo brasileiro ao levar a esperança nas asas do Correio Aéreo Nacional (CAN), ao resgatar a honra da Pátria e defender os ideais de liberdade nos céus da Itália, e ao implementar o moderno e inteligente sistema de controle do espaço aéreo”, destacou.

O evento contemplou manobras do Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA), também conhecido como a Esquadrilha da Fumaça, e a presença da tropa, que foi formada pela Banda de Música da Ala 1 e por militares do Grupo de Segurança e Defesa (GSD-BR) e da Guarnição de Aeronáutica de Brasília.

A data também foi coroada com a apresentação da mais nova aeronave da Instituição: o novo vetor multimissão F-39 Gripen. O avião representa um significativo salto tecnológico para a aviação de caça da FAB.

Durante a apresentação do novo caça, ocorreu a entrega das bandeiras do Brasil e da Suécia, como um gesto de comprometimento entre as duas nações. O Presidente da República e o Comandante da Aeronáutica realizaram o batismo da aeronave.

O Tenente-Brigadeiro Bermudez destacou a importância da data comemorativa. “O dia 23 de outubro é a data máxima da nossa Instituição. É o dia em que comemoramos o maior feito de Alberto Santos-Dumont, quando voou pela primeira vez o 14-bis. Nós nos espelhamos no que ele fez e damos continuidade a inovação e aos desafios que tanto caracterizam a vida deste grande homem, o Pai da Aviação”, declarou.

Data Comemorativa

O dia 23 de outubro foi instituído como o Dia do Aviador e o Dia da Força Aérea Brasileira por ser a data em que Alberto Santos-Dumont realizou o primeiro voo com o 14-bis, o mais pesado que o ar. O fato histórico ocorreu no Campo de Bagatelle, em Paris, em 23 de outubro de 1906, quando o brasileiro percorreu 60 metros em sete segundos, voando a uma altura de dois metros do solo, perante mais de mil espectadores e da Comissão Oficial do Aeroclube da França.

Clique aqui e assista como foi a cerimônia.

Assista ao vídeo em homenagem ao Dia do Aviador e o Dia da Força Aérea Brasileira e também ao vídeo sobre a aeronave F-39 Gripen, o novo caça Brasileiro.

Confira aqui o álbum de fotos da solenidade.

Fotos: Sargento Bianca Viol, Soldado T. Amorim e Soldado A. Soares / CECOMSAER

Vídeo: Soldado Chagas / CECOMSAER

(CECOMSAER/FM)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *