Apresentação oficial do novo caça da Força Aérea marca cerimônia do Dia do Aviador

Apresentação oficial do novo caça da Força Aérea marca cerimônia do Dia do Aviador

Para muitos, voar é sonhar. É poder ver o mundo de cima e perceber a imensidão do Planeta Terra. Para a Força Aérea Brasileira, estar presente nos ares, significa fazer a diferença na defesa do País, bem como para garantir o êxito de missões de grande importância para o povo brasileiro. Nessa sexta-feira (23), comemora-se o Dia do Aviador e os 114 anos do primeiro voo do 14-Bis, por Alberto Santos Dumont, o Pai da Aviação.

A data foi celebrada em cerimônia na Ala 1, a Base Aérea de Brasília, e homenageou o conjunto de quem integra a aviação brasileira: militares, civis, comissários, pilotos e demais profissionais. O Ministro da Defesa, Fernando Azevedo, acompanhou o Presidente da República, Jair Bolsonaro, durante o evento. No palanque de autoridades também estavam o Vice-Presidente da República, Hamilton Mourão, o Comandante da Aeronáutica, Antonio Carlos Moretti Bermudez, entre outras personalidades militares e civis.

MD_NOTICIAS_20201023_NOT01_FOT05.jpeg

Na ocasião, foi apresentada oficialmente a primeira aeronave multimissão F-39 Gripen. Esse avião é uma unidade de testes, equipada com instrumentos para continuidade das atividades no Brasil. Durante a cerimônia, o supersônico surpreendeu a todos os presentes com um sobrevoo. Esse é um dos 36 caças compradas pelo Brasil da fábrica sueca Saab, em 2013, que serão montados de forma colaborativa entre os dois países.

MD_NOTICIAS_20201023_NOT01_FOT02.jpeg

Em seu discurso, o Ministro da Defesa evocou as missões de destaque da Força Aérea, caracterizadas, em suas palavras, pela dinamicidade e determinação. “Como Ministro da Defesa, é impossível conter, neste momento, os sentimentos de realização e altivez que afloram no peito ao constatarmos que cada gota de suor dedicada ao cumprimento da missão tem colaborado de forma fundamental para o engrandecimento do país”, destacou.

Fernando Azevedo relembrou ainda que, diante da pandemia provocada pelo novo coronavírus no País, os voos da Aeronáutica foram fundamentais para que ajuda humanitária chegasse às regiões mais remotas do Brasil. Os aviões da FAB transportam insumos, equipamentos de proteção individual, ambulâncias e profissionais de saúde por todo território nacional. “Esta é a nossa Força Aérea, orgulho do povo brasileiro, e que hoje recebe a moderna aeronave de caça F-39 Gripen, fruto de um criterioso processo de escolha, que nos traz a possibilidade de parceria no desenvolvimento com a empresa sueca Saab, com o domínio do conhecimento crítico para a produção de uma moderna aeronave supersônica de caça no Brasil”, enfatizou.

O Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Bermudez, salientou a contribuição da Força para o desenvolvimento do Brasil e parabenizou todos que fazem parte desse trabalho. “Defensores dos céus de nossa nação, graças aos seus esforços, nossa missão está sendo muito bem cumprida. Tenham em mente que milhares de compatriotas depositam em seus voos a esperança de que é possível construir, com segurança e paz, um futuro de prosperidade e modernidade”, disse ele.

MD_NOTICIAS_20201023_NOT01_FOT01.jpeg

O céu nublado e a fina chuva que caiu no início da cerimônia não impediram o brilho do evento repleto de rituais, como a apresentação do hino dos aviadores. A banda de música da Ala 1 desfilou com suas bandeiras e executando marchas militares. O Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA), mais conhecido como Esquadrilha da Fumaça, ornamentou os céus com suas demonstrações.

MD_NOTICIAS_20201023_NOT01_FOT03.jpeg

Em seu discurso, o Presidente Jair Bolsonaro relembrou o voo pioneiro do brasileiro Alberto Santos Dumont, em 1906, em Paris. “Santos Dumont é um exemplo para todos nós, nos momentos que tivermos que enfrentar desafios. Seu feito colocou definitivamente o Brasil na história mundial da aviação e das grandes invenções da humanidade”, ressaltou.

Bolsonaro destacou ainda que o ano de 2020 tem sido marcante para a Força Aérea Brasileira, em vista da entrega da terceira aeronave KC-390, fabricada pela Embraer, e a chegada do Gripen. “Incorporamos à nossa frota duas aeronaves reconhecidamente modernas e estratégicas para a FAB, o KC-390 e o Gripen F-39. É uma demonstração cabal de que com liberdade e comprometimento os sonhos estão ao alcance de todos”, disse ele.

MD_NOTICIAS_20201023_NOT01_FOT08.jpeg

Na solenidade, diversas autoridades foram ainda agraciadas com a Ordem do Mérito Aeronáutico. Essa condecoração é concedida a militares da Aeronáutica que tenham prestado notáveis serviços ao País ou tenham se distinguido no exercício de sua profissão, bem como para reconhecer serviços prestados à Força Aérea por personalidades civis e militares e por Organizações Militares e instituições civis, brasileiras ou estrangeiras.

MD_NOTICIAS_20201023_NOT01_FOT07.jpeg

Por Mariana Alvarenga
Fotos: Antônio Oliveira

(MD ASCOM/FM)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *