Aeronáutica — 9 de janeiro de 2018 5:27 pm

FAB realiza encontro com judiciário para apresentar atividades das Forças Armadas

Reunião de representantes da Aeronáutica e do judiciário após visita no AM

Aconteceu em 02 de agosto, no Espaço Força Aérea do Gabinete do Comandante da Aeronáutica (GABAER), em Brasília, uma confraternização que reuniu membros dos Poderes Executivo, Judiciário e órgãos essenciais à justiça. A ação promovida pela Assessoria Parlamentar e de Relações Institucionais do Comandante da Aeronáutica (ASPAER) é fruto de uma visita institucional, que reuniu uma comitiva de 29 participantes à Região Amazônica, com o propósito de apresentar atividades realizadas pelas Forças Armadas. A reunião propiciou uma interação entre o Comandante da Aeronáutica, os Oficiais-Generais do Alto Comando e membros da comitiva.
“O trabalho que as Forças Armadas fazem na Amazônia e de outros órgãos públicos na localidade é muito importante. A Amazônia é de nossa responsabilidade e representa 60% do território brasileiro. Temos que tomar conta desse território como parte do Brasil. Uma das formas de fazermos isso é pela consciência da sociedade. Dar possibilidade aos segmentos da sociedade de conhecer a região, para saber o que é possível fazer. Uma consciência não apenas por livros e pela televisão, mas pela visitação do lugar. É muito diferente vermos um filme, uma revista do que estarmos presentes naqueles locais e sentirmos o diferencial pela cultura e o clima. Conhecer a Região Amazônica de perto ajuda no trabalho de fazer o Brasil que planejamos para o futuro próximo”, ressaltou o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato.
O Subprocurador-Geral da União, José Roberto da Cunha Peixoto, avaliou como a atuação das Forças Armadas é importante para assegurar a defesa da sociedade. “Já conhecia alguns projetos, mas ver a coisa acontecendo no local, nos rincões mais remotos do País, no meio da selva foi muito interessante. A gente se sente mais seguro e que o território nacional está resguardado, ver que as populações indígenas e mais remotas estão, de alguma maneira, sendo atendidas pelas Forças, com tratamento médico, e organização”, explicou.

Secretário-Executivo do Ministério da Justiça fala da integração do Judiciário e o Subprocurador-Geral da União, José Roberto Peixoto, no evento

Para o Secretário Executivo do Ministério da Justiça, José Levi Mello Do Amaral Júnior, é importante a cooperação do poder público com as Forças Armadas. “O Brasil é um País imenso e muito complexo. Nada mais essencial do que os vários órgãos que compõem o poder público brasileiro interagirem. Nisso a Aeronáutica, certamente, tem um papel fundamental e desempenha a contento esse papel de proporcionar que o poder público e que o Estado Brasileiro se façam presentes nas mais remotas regiões do nosso País”, destacou.
Além das autoridades do judiciário, participaram da reunião o Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER), Tenente-Brigadeiro Raul Botelho; o Secretário de Economia,
Finanças e Administração da Aeronáutica (SEFA), Tenente-Brigadeiro José Magno de Resende Araújo; o Chefe do GABAER, Major-Brigadeiro Marcelo Kanitz Damasceno; o Diretor de Ensino da Aeronáutica (DIRENS), Major-Brigadeiro Rui Chagas Mesquita; o Chefe da Assessoria Parlamentar da Aeronáutica (ASPAER), Brigadeiro Mauricio Augusto Silveira de Medeiros; e o Chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica (CECOMSAER), Brigadeiro Antonio Ramirez Lorenzo. Representando o Exército, marcaram presença o Chefe da Assessoria de Apoio para Assuntos Jurídicos do Gabinete do Comando do Exército, Coronel Luís Cláudio de Mattos Basto; e o Adjunto da Assessoria de Apoio para Assuntos Jurídicos, Tenente-Coronel Francisco José Borges da Silva.

Visitação na Região Amazônica

A visita à Região Amazônica ocorreu entre os dias 13 a 15 de julho, promovida pelo Comando da Aeronáutica e o Comando do Exército, por intermédio de suas Assessorias de Relações Institucionais. O objetivo foi promover o conhecimento das atividades desenvolvidas pelas Forças Armadas na defesa e integração da Região Amazônica, comprovar a realidade vivida pelos militares, apresentar os principais desafios para o cumprimento das missões, além de demonstrar o valor estratégico da área para o território brasileiro.
Entre as atividades realizadas na Amazônia, a comitiva teve a oportunidade de se familiarizar com a nova estrutura da Força Aérea. Realizou uma visita à Ala 8, que possibilitou aos participantes conhecerem in loco as unidades aéreas e de defesa, os meios aéreos e armamentos utilizados. Posteriormente, a comitiva visitou o Destacamento de Aeronáutica de São Gabriel da Cachoeira, unidade que serve como suporte e infra-estrutura para as operações militares. E também conheceu o Destacamento de Engenharia de Iauaretê (AM), unidade subordinada à Comissão de Aeroportos da Região Amazônica, que leva o progresso e a cidadania a regiões inacessíveis, por meio da construção, ampliação e edificação de aeródromos na Amazônia.

Foto: Sargento Batista/CECOMSAER

(CECOMSAER/ FM)

  • Compartilhar:
  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • Digg

Deixe uma resposta

— required *

— required *