Presidenta Dilma exalta a importância da Marinha na defesa nacional

Presidenta Dilma exalta a importância da Marinha na defesa nacional

Data Magna da Marinha é cmemorada em Brasília
Diretor-geral de Material da Marinha Almirante Pires Ramos é condecorado pela Presidenta Dilma Rousseff

“A Marinha garante a se­gurança do país e constitui mo­tivo de particular orgulho para os brasileiros”, afirmou Dilma Rousseff, em mensagem lida durante a solenidade, realiza­da no Grupamento de Fuzilei­ros Navais de Brasília. Além da Presidenta, estiveram presentes ao evento o Vice-Presidente da República, Michel Temer, o Presidente do Senado, José Sarney, e o Ministro da Defe­sa, Nelson Jobim, entre outras autoridades.

Na ocasião, Dilma fez refe­rências à importância da presença da Marinha nas águas jurisdicio­nais, na “Amazônia Azul” e nos rios da Bacia Amazônica e do Pantanal. Segundo ela, a defesa dos interesses nacionais, princi­palmente após a descoberta de riquezas minerais na plataforma continental brasileira, é desem­penhada com zelo pela Força. “Reverenciar, neste dia, a Data Magna da Marinha é enaltecer as qualidades mais nobres do povo brasileiro”, afirmou.

A Presidenta Dilma, des­tacou também, em sua mensa­gem, as ações desenvolvidas pela Marinha na assistência médico-hospitalar prestada por meio dos chamados “Navios da Esperan­ça”. As embarcações levam apoio de saúde às populações carentes, situadas nas regiões Norte e Cen­tro-Oeste do Brasil, locais onde somente as Forças Armadas con­seguem chegar.

Por fim, Dilma lembrou a destacada participação de mari­nheiros e fuzileiros navais bra­sileiros em missões de paz e hu­manitárias da Organização das Nações Unidas, classificando-as de “valiosa contribuição” para tornar o mundo cada vez mais pa­cífico.

Acompanhada pelo Mi­nistro Nelson Jobim e pelo Comandante da Marinha, Almi­rante Julio Soares de Moura Neto, a Presidenta Dilma realizou a im­posição da Medalha da Ordem do Mérito Naval a 170 personalida­des e instituições.

Data Magna da Marinha é cmemorada em Brasília
A Presidenta Dilma Rousseff condecora o Pavilhão do Centro de Comunicação Social da Marinha, conduzido pela Capitã-de-Corveta Carla Pointis

A comenda foi criada pelo Decreto n° 24.659, de 11 de ju­nho de 1934 e se destina a premiar per­sonalidades civis e mi­litares, bra­sileiras ou estrangeiras, que tenham prestado, no exercício de sua profis­são, relevan­tes serviços à Marinha do Brasil. Entre as persona­lidades agraciadas com a meda­lha estavam o Vice-Presidente Michel Temer, o Presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia, e vários ministros de Esta­do.

O Almirante Moura Neto destacou, na Ordem do Dia, o papel exercido pela Marinha nos dias de hoje. “A Marinha conti­nua empenhada em se aproximar da sociedade e mostrar a neces­sidade de dispor de uma Força Naval atualizada e equilibrada”.

O Comandante ressaltou também o sucesso do Programa de Desenvolvimento de Submari­nos, que teve a construção do pri­meiro submarino em 2010 e está com o cronograma honrado. “Em alguns poucos anos faremos parte do seleto grupo das cinco nações capazes de construir e operar sub­marinos com propulsão nu­clear”.

Data Magna da Marinha é cmemorada em Brasília
A Presidenta Dilma Rousseff cumprimenta o Contra-Almirante Paulo Maurício Farias Alves, diretor do Centro de Comunicação Social da Marinha, condecorado na ocasião

Além da cerimônia no Grupamen­to de Fuzi­leiros Navais de Brasília, o aniversário da Batalha do Riachuelo foi tema de home­nagens em diversas so­lenidades pelo país. A Data Mag­na da Marinha também foi tema de uma sessão solene conjunta reali­zada na manhã de 9 de junho, no Plenário Ulysses Guimarães, no Congresso Nacional. O evento foi proposto pelo Senador João Pedro (PT-AM) e pela Deputa­da Jô Moraes (PCdoB-MG). Os Deputados Duarte Nogueira, Jair Bolsonaro, Liliam Sá e Chico Lopes, e os Senadores Wilson Santiago, Marcelo Crivella e Rodrigo Rollemberg discursa­ram parabenizando a Força. Co­memorada anualmente no dia 11 de junho, a Batalha Naval do Riachuelo foi um evento decisi­vo para os rumos da Guerra do Paraguai (1864-1870), o maior conflito militar na América do Sul. Com a vitória da esqua­dra brasileira, a Tríplice Aliança (formada por Brasil, Argentina e Uruguai) assumiu o controle da Bacia Platina. (ASCOM/ FM)

O Vice-Presidente Michel Temer, o Ministro das Relações Exterio­res Antonio Patriota, a Ministra do Planejamento, Orçamento e Ges­tão Miriam Belchior, a Ministra das Relações Institucionais Ideli

Salvatti, o Presidente do Banco Central Alexandre Tombini, a Minis­tra-Chefe da Secretaria de Direitos Humanos Maria do Rosário, o Sena­dor Garibaldi Alves, dentre outros, receberam a Comenda da Ordem do Mérito Naval (OMN). Personali­dades civis e militares também fo­ram agraciadas por prestarem rele­vantes serviços à Marinha do Brasil.

(CCSM/ FM)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *