Curso de extensão leva debate sobre Defesa a universitários do Nordeste

Curso de extensão leva debate sobre Defesa a universitários do Nordeste Uma inicia­tiva recente deu mais robustez ao esforço, em­preendido pelo Ministério da Defesa, de discu­tir o tema Defesa Nacional fora do âmbito militar. Na primeira se­mana de junho, o Laboratório de Estudos de Con­flitos do curso de Relações In­ternacionais da Universidade Federal de Sergipe (UFS) concluiu, em parceria com o Ministério, o 1° Curso de Ex­tensão em Defesa Nacional no Nordeste.

O curso faz parte do Progra­ma Defesa Nacional em Debate, coordenado pela Secretaria de Pes­soal, Ensino, Saúde e Desporto do Ministério da Defesa. O objetivo é proporcionar um ambiente de reflexão acerca de questões que envolvem a Defesa Nacional, de acordo com as orientações da Es­tratégia Nacional de Defesa. Foi a primeira iniciativa dessa natureza no Nordeste.

Presente ao evento, o Mi­nistro da Defesa, Nelson Jobim, ressaltou a importância de apro­ximar a sociedade brasileira des­sa temática. Jobim destacou, em especial, o aspecto inovador de reunir autoridades e especialistas num mesmo fórum com “alunos civis” discutindo temas de Defesa Nacional.

Ao todo, o curso reuniu cerca de 200 participantes, entre autoridades, especialistas, alunos de graduação e de pós-graduação e profissionais de diversas áreas. “Foi um sucesso. Chegamos a ad­ministrar lista de espera”, afirmou a Coordenadora-geral do evento, Professora Tereza Cristina, dou­tora e decana do curso de Rela­ções Internacionais da UFS.Curso de extensão leva debate sobre Defesa a universitários do Nordeste

Presente também aos deba­tes, o Vice-Governador de Ser­gipe, Jackson Barreto, afirmou que a reflexão acerca da Defesa Nacional demonstra o amadure­cimento da sociedade brasileira. “Isso só é possível porque con­quistamos a democracia e esse curso demonstra, de forma mui­to clara, a consolidação do nosso processo democrático”.

As atividades foram or­ganizadas de modo que os par­ticipantes pudessem se apro­fundar em um tema geral por dia, a partir de palestras e de­bates. Abrangente, o curso dis­cutiu desde as perspectivas geopolíticas na política externa brasileira à realização de opera­ções conjuntas, complementares e de paz, além do emprego das Forças Armadas na segurança pú­blica.

“Procu­ramos abar­car o maior número de temas pos­sível, dada a carência de debates des­sa natureza no Nordes­te”, afirmou a professora Tereza Cris­tina. “Diferen­temente do que ocorre no centro-sul do país, dis­cussões sobre a temática de De­fesa não são ha­bituais por aqui”, completou.

Natália Oli­veira Costa, aluna do 5º semestre do curso de Relações Internacionais da UFS, definiu sua participação no curso de extensão como uma “experiência engran­decedora”. Na avaliação da aluna, o curso serviu para abrir as por­tas para debates sobre Defesa no Nordeste. “As discussões foram intensas e os alunos estiveram muito comprometidos, especial­mente aqueles que, como eu, têm interesse em realizar estudos nes­sa área”, afirmou.

O próximo Curso de Ex­tensão em Defesa Nacional deve­rá ser realizado em outubro, em Brasília. Mas já há previsão para que a iniciativa retorne ao Nor­deste. Segundo informações da Secretaria de Pessoal, Ensino, Saúde e Desporto do Ministério da Defesa, uma parceria com a Universidade Estadual da Para­íba irá viabilizar a realização do evento em João Pessoa, no pri­meiro semestre do ano que vem.

(ASCOM/ FM)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *